Lojas Catarinense
(46) 3313-1999 [email protected]
Diferenças entre sandálias anabela e plataforma
03/09/2018

É só o clima começar a esquentar que lá vem elas novamente. Apesar de serem confundidas, possuem características próprias e agradam àquelas que gostam de se empoderar ao usá-las. Estamos falando de duas opções que são conhecidas pela altura e que proporcionam mais conforto que os saltos estreitos: os modelos anabela e plataforma.

A confusão que elas causam na cabeça de muitas se dá por causa dos solados robustos, mas vamos sanar isso para que não haja mais confusão quando for adquirir o seu modelo que ajuda no empoderamento.

Anabela x Plataforma              

Para quem quer um look que traga conforto sem abrir mão das alturas, o modelo anabela é ideal pela estabilidade que proporciona, pois em sua parte frontal há um salto leve, que deixa o pé rente ao chão e vai aumentando na plataforma que segue até a parte traseira. Há a versão que é uma sandália aberta na frente, e outra do tipo sapato que é fechado nessa mesma parte. A sandália anabela, naturalmente, se apresenta como uma opção para os dias mais ensolarados porque dá uma sensação de mais frescor. O sapato anabela já possui um estilo menos arrojado porque é fechado na frente, sem perder a altura característica.

 A diferença do salto da anabela com o da plataforma está na forma do solado, ou seja, o segundo possui um salto grosso que pega toda a extensão da sandália que vai do calcanhar à ponta dela. A inclinação dela é menor que o salto da anabela e isso proporciona mais conforto por ser mais estável.   A plataforma também é conhecida por salto “meia-pata” justamente por ter a parte da frente mais alta do que a da anabela.           

Cuidados necessários

 Já falamos sobre o empoderamento que os saltos altos trazem. Isso faz um bem danado para a autoestima. Além do mais, conhecer as complicações que o uso prolongado desse tipo de sapato pode trazer, fará a diferença em sua vida em relação a evitar quaisquer situações de danos à saúde.

Segundo especialistas em ortopedia, a posição não natural do calcanhar pode fazer a parte posterior da perna perder a flexibilidade, causando dores ao andar descalço ou com sapatos sem salto. Para evitar isso, é preciso saber que não se pode usar aqueles modelos diariamente e fazer um revezamento dos tipos de calçado. Exercícios de alongamento com as pernas esticando-as bem por 20 segundos, antes e depois de vesti-los, é uma boa também. Fazer o movimento de subir e descer, utilizando a ponta dos pés, em 3 séries de 20 repetições, é outro exercício que dá excelente resultado.

O importante disso tudo é que você se sinta bem, confortável e bonita, sem o risco de ter um problema de saúde por conta de uso prolongado do salto alto. Com esses cuidados, fique tranquila e aproveite os momentos.   

Lojas Catarinense

(46) 3313-1999

Receba Novidades

Preencha seu e-mail no campo abaixo e fique por dentro das novidades das Lojas Catarinense:

© 2018 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.